Nessa segunda feira (13 de janeiro de 2013), o MTE – Ministério do Trabalho e Emprego anunciou os novos valores das parcelas do seguro-desemprego que vigorarão em 2014 com base no aumento do salário mínimo.

Com a nova tabela, o valor máximo da parcela do seguro desemprego em 2014, também conhecido como “teto” será de R$1.304,63.

Agora o mais importante: Como calcular o valor do seguro desemprego?

O cálculo deve ser feito obedecendo-se as regras abaixo.

1º Passo: O trabalhador terá que fazer a média de salário recebido nos últimos 3 meses. Se o empregado recebe salário fixo, esse deve ser o valor a ser utilizado.

2º Passo: Calcular o valor da parcela do seguro desemprego de acordo com a tabela abaixo:

MÉDIA SALARIAL                                               VALOR DA PARCELA
Até R$1.151,06             ->                      Multiplica-se o salário médio 0.8 (80%).
De  R$1.151,07 a R$1.918,62     -> O que exceder a R$ 1.151,06 multiplica por 0,5 e soma-se a R$980,85.
Acima de R$1.918,62           ->         O valor da parcela será de R$ 1.304,63 invariavelmente.

Ou seja, se a média salarial dos últimos 3 meses de trabalho for um valor até R$1.151,06, o empregado deve calcular sua média salarial multiplicado por 0.8 para obter o valor de sua parcela no seguro desemprego.

Caso a média salarial do empregado seja entre R$1.151,07 e R$1.918,62, o empregado deve multiplicar o valor que exceder a R$1.151,06 por 0,5 e, ao final, somar a R$980,85.

O resultado será o valor da parcela do seguro desemprego a ser recebida.

Caso o empregado receba salário acima de R$1.918,62, invariavelmente, receberá o teto da parcela do seguro desemprego, ou seja, R$1.304,63

Agora que você sabe como calcular o seguro desemprego.